Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal de Indaial

SERVIDORES APOSENTADOS BUSCAM ATENÇÃO DO EXECUTIVO DE INDAIAL

No dia 01 de agosto de 2019, os servidores inativos de Indaial filiados ao Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal – SINSERPI, representados pela servidora aposentada, Professora Marcia Magred Lindner Cipriani, fizeram-se presentes na tribuna da Câmara de Vereadores, para solicitar apoio ao Legislativo na sensibilização do Executivo quanto a extensão da concessão do abono salarial.

A Professora Márcia destacou que o tema “abono salarial” não foi debatido em mesa de negociação no ano de 2019 com o Sindicato, e que esta reivindicação constou dentre os itens do Rol de 2018, da qual não se depreendeu acordo, pois, naquele momento, a administração pública entendeu pela inviabilidade financeira da implementação.

A servidora aposentada ressaltou aos Vereadores que a intenção da concessão do abono aos servidores na ativa, bem como o valor deste, foi decisão unilateral do Executivo, corroborada através da aprovação de Lei Municipal nº 5645/2019, que também previu a recomposição inflacionária dos servidores públicos (ativos e inativos). O Sindicato teve conhecimento da decisão do Executivo através da publicação da referida Lei.

Diante do fato de que os servidores inativos de Indaial não terem sido contemplados com o abono, os mesmos procuraram o Sindicato para buscar a mediação junto ao governo municipal. Para tanto, elegeram uma comissão para tratar de tal assunto com o Prefeito, uma vez que, historicamente, os abonos sempre foram concedidos para todos os servidores, ativos e inativos do município de Indaial.

A Comissão, junto do Sinserpi, formalizou, por escrito, no mês de maio, pedido de agenda com o Prefeito do Município, todavia, até esta data, a solicitação não foi atendida. O comparecimento dos aposentados, na Câmara, deu-se no sentido de dar publicidade ao tema, de modo que o Prefeito possa explanar os motivos que levaram o Executivo a não contemplar os Servidores Inativos, e buscar apoio do Legislativo neste intento.

A Gestão do Sinserpi, 2018-2022, “Diálogo e Compromisso”, entende que o abono salarial, estendido aos inativos, possibilitaria minimizar a perda salarial destes trabalhadores que tanto fizeram pelo Município de Indaial.

 

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte − 1 =

WhatsApp